A minha e outras cores

Poemas

Helena Terra

O verde é uma cor fria,
Mas pela qual muitos anseiam…
Que contradição, quem diria?
Da cor que os “Leões” premeiam!

O verde é a cor do prado
E significa Esperança
Vermelho ou preto, as do fado
Quem sabe as da temperança?

Azul e vermelho em proporção,
São amor e sabedoria
E as cores da nossa União,
Clube da nossa alegria!
Verde é também cor do limão
E de manjerico aos molhos.
Da mesma cor tenho o coração,
Preenchido com os teus olhos!

Negro é cerimónia e dor…
Para mim é fado e profissão
Campa de estudante foi amor,
Na Advocacia é paixão!

Que exercerei até morrer
Mesmo quando a querem matar
A esses, hei-de sempre dizer:
- Tal batalha, não hão-de ganhar!

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Helga Correia nomeada adjunta do da secretária de Estado da Ação Social e da Inclusão
13/04/2024
Oliveirense surpreendida na Póvoa
13/04/2024
Nuno Pires deixa a liderança do PSD em O. Azeméis
12/04/2024
Agrupamento Soares Basto caminhou pela saúde
12/04/2024
Câmara e IP chegam a "acordo de princípio" para a construção da rotunda do Largo do Cavaco
11/04/2024
Oliveirenses entre os detidos por tráfico de droga
10/04/2024
Mulher ferida em colisão entre dois carros
10/04/2024
Trânsito cortado entre o dia 22 e 24 de abril
10/04/2024