Em
Correio de Azeméis

30 Jan 2023

“Acredito que Oliveira de Azeméis tem muito potencial e talento”

Destaques Concelho

FRANSCICO BORGES COSTA, DESIGNER, JÁ VESTE celebridades

Francisco Borges Costa é um designer oliveirense, com uma marca própria e que já é uma certeza no panorama da moda nacional. Na entrevista que concedeu ao Correio de Azeméis, Francisco Borges Costa agradeceu todo o apoio que tem sentido por parte dos oliveirenses.

Os primeiros passos 
“Desde novo desenho vestidos e tenho um fascínio pelo design de moda desde que me conheço. Lembro-me de ser criança e o meu ‘avô marques’, marido da minha ama e avó por afinidade,  costumava dizer-me “lá estás tu a desenhar garrafas de vinho”, porque era um passatempo para mim. Por causa deste hobbie decidi estudar Design de Moda na Universidade de Lisboa”.

A primeira peça do Francisco
“A primeira peça que criei foi uma camisa para mim. Gostava imenso do tecido de um vestido antigo da minha mãe e resolvi proceder ao upcycling, ou seja, reaproveitar o tecido desta peça.  A primeira celebridade com que trabalhei foi com a Carolina Carvalho para os ‘Globos de Ouro em 2022’. Na altura tínhamos várias ideias e tinha desenhado vários esboços, mas  tivemos de nos adaptar, porque ela estava grávida de seis meses e não estava pronta para partilhar com o público.  Foi incrível trabalhar com alguém como a Carolina, não só pela enorme simpatia, mas porque ela facilita muito o meu trabalho e gosta de arriscar, sem comprometer a minha visão”.

A reação da família
“A reação foi boa, os meus pais têm lojas de roupa em Oliveira de Azeméis e em S. João da Madeira e sempre gostaram do meu interesse em moda.  Inicialmente ficaram assustados porque entendiam que o design de moda era uma área pequena em Portugal, mas nos dias de hoje acredito que se investirmos no trabalho e criarmos produtos diferentes, o consumidor acaba por apoiar a marca”.

Publicidade, marketing e moda
“A publicidade é o ramo do marketing que oferece mais liberdade criativa, ou seja, é nesta área que podemos desenhar uma história, desenvolver campanhas e destacar os produtos para o consumidor.  O meu objetivo na licenciatura era associar a publicidade à área da moda, até porque uma grande parte das marcas que compramos partem do seu ‘storytelling’. ”. 

Uma aposta ganha
“Na altura era uma opção certa, portanto o risco foi premeditado. Foi através desta licenciatura que aprendi algumas bases que uso no processo da criação da minha marca e foi a partir deste curso que comecei a estagiar na área de publicidade na ‘Vogue’ e na ‘GQ’. ”.
 
Marca própria em andamento
“O projeto da marca está a desenvolver-se bastante bem. A marca é própria, mas nos bastidores tenho a sorte de ter amigos talentosos que me apoiam e juntos criamos uma equipa que quer tornar a “Francisco Borges Costa” numa marca de referência e espero muito que isso aconteça. A curto prazo o projeto principal vai ser a divulgação da nova coleção com o conceito “ParaDisco” e o lançamento da loja online. A médio prazo, sem querer divulgar muito, espero vir a lançar colaborações e peças mais Avant-Garde”.
“Toda a gente de Oliveira 
de Azeméis tem orgulho 
na cidade”
“Eu adoro a minha cidade e sinto que toda a gente de Oliveira de Azeméis tem um orgulho na cidade muito próprio, algo que não vemos em outros sítios. Aqui também tenho a oportunidade de estar perto da indústria e de fábricas de tecidos que não encontro em Lisboa, portanto viver entre Lisboa e Oliveira de Azeméis acaba por ser o melhor dos dois mundos e não trocava isso. Para além disso, o apoio dos oliveirenses tem vindo a ser formidável e sinto-me sempre feliz quando volto à cidade onde nasci.
  
“Oliveira de Azeméis tem potencial”
“Eu acredito que Oliveira de Azeméis tem muito potencial e muito talento. Também acredito que podia apoiar mais as artes e a cultura, como já faz com o desporto. Não me cabe a mim criar medidas específicas, mas o reaproveitamento de espaços vazios, criação de eventos culturais, exposições e concertos tornam sempre uma cidade mais atrativa. Em relação à moda, temos designers oliveirenses como o Luís Onofre e a Maria Gambina de destaque nacional, que demonstra que Oliveira tem potencial neste ramo”. 

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Oliveirense oficializa saída de Edo Bosch
25/06/2024
Jovens que regressam: Motivações e investimento em regiões de baixa densidade após formação no ensino superior
24/06/2024
NAC é vice-campeão absolutos por equipas
24/06/2024
NAC volta à final da 3ª Divisão Nacional
24/06/2024
Faleceu o 'nosso' André, uma glória da Oliveirense
24/06/2024
Macieirense venceu a fase de grupos
24/06/2024
Mundialito Cesaz “promete agitar” a região
24/06/2024
Carlos Teixeira confirma candidatura a presidente da Oliveirense
24/06/2024