Cesar soprou as velas dos 30 anos

Destaques Cesar

Cerimónia homenageou o movimento ‘Cesar solidário’

Na passagem de mais um ano, a Vila de Cesar comemorou 30 anos de elevação a vila, no passado dia 20 de maio. Uma cerimónia, que além do habitual hastear de bandeiras, incluiu uma assembleia de freguesia extraordinária e homenageou o Movimento de cidadãos ‘Cesar Solidário.’

De acordo com Carlos Costa Gomes, presidente da Assembleia de Freguesia de Cesar, em declarações à Azeméis TV/FM, esta distinção tem dois sentidos: “primeiro é louvar a iniciativa de quem põe mãos à obra e procura com a sua ação um ato de benemerência, altruísmo desinteressado, como é este caso. O ‘Cesar Solidário’ pôs mãos à obra e de uma missão quase impossível, tornou-se numa missão que ultrapassou a impossibilidade, de uma ambulância passou a duas”, sendo que, o outro sentido desta distinção é tentar “impulsionar, motivar, sensibilizar outras pessoas e poderem também este tipo de iniciativas”, apontou o presidente da assembleia de Cesar.
Em jeito de conclusão, Carlos Costa Gomes à Azeméis TV/FM, revelou que para o futuro da Vila de Cesar tem o desejo daquilo que “elenquei ao longo de 30 anos, o que é que queremos daquilo que fizemos? O que pretendemos alterar no caso do Largo da Gândara? É este largo que queremos, ou, outra coisa que seja o ex-líbris da vila? O que queremos das instituições? Isto é um monte para a reflexão em sociedade, para pensarmos naquele Cesar que todos nós sonhamos”, finalizou.

“Desde que iniciamos o peditório até o seu término só decorreram quatro meses, angariar uma verba de 150 mil euros em tão pouco tempo é um trabalho fantástico. Cesar tem muita indústria, mas sabemos que as empresas estão todas com muitas dificuldades e o objetivo de um carro parecia impossível, mas posso dizer que começamos a fazer o peditório a 01 de novembro e a meio de dezembro já tínhamos o dinheiro para uma ambulância, isso deixa-nos orgulhosos de ser cerasenses e mostra que Cesar está atento às necessidades não só da nossa comunidade, mas também das comunidades vizinhas.”
Orlando Oliveira, líder do movimento de cidadãos ‘Cesar Solidário’

“Nós nestes últimos 30 anos temos vindo a dotar Cesar de infraestruturas para dar qualidade de vida aos cesarenses e a quem nos visita. (…) [Sobre o movimento solidário] Fiquei muito surpreendido com o resultado, segundo eles eu fui a primeira pessoa a ser contactada, a ideia era excelente, era um bom propósito e necessários para os Bombeiros Voluntários de Fajões. Parecia uma missão impossível, mas os cesarenses aderiram à ideia e passado pouco tempo já se estava a pensar em comprar a segunda ambulância.”
Augusto Moreira, presidente da Junta de Freguesia de Cesar

“Cesar está em festa e como cesarense estou muito orgulhosa. Cesar presta-se pela forma solidária como ajuda o próximo e isso reflete-se neste projeto criado por oitos cidadãos cesarenses, que representam o núcleo da freguesia. E demonstra realmente aquilo que de melhor sabemos fazer, que é olhar o próximo e trabalhar, para combater as necessidades.”
Ana Filipa Oliveira, verea­dora da CM, natural de Cesar

“Sabendo do bairrismo que caracteriza o povo de Cesar, e como fui acompanhando o trabalho da comissão percebi que o objetivo seria alcançável. Expresso aqui o meu agradecimento em nome da associação.
Jorge Pinho, presidente da Ass.Hum. dos B.V. de Fajões 

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Azemad vai instalar o piso para a Final Four da Liga dos Campeões
16/04/2024
Direção da Banda de Loureiro demitiu-se
15/04/2024
Vitória esclarecedora em Valongo
14/04/2024
RC Nogueirense muito perto da subida e GD Fajões vence em Santiais
14/04/2024
PJ investiga desaparecimento de dirigente da PARC
14/04/2024
160 pessoas percorreram os trilhos do Parque Molinológico
14/04/2024
FC Pinheirense volta a vencer e já é 4º
14/04/2024
FC Macieirense venceu e AC Cucujães perdeu
14/04/2024