Estatísticas confirmam uma época de excelência

Futebol Desporto

Uma época depois, o FC Macieirense está de regresso à 1ª Divisão Distrital

FUTEBOL> Rescaldo da época do Macieirense

Um ano depois da descida ao último escalão do futebol de Aveiro, o Macieirense cumpriu, com distinção, o objetivo a que se propôs no início da temporada: a subida à 1ª Divisão Distrital.
Com um plantel em que manteve a base da época anterior, o treinador Borges, que cumpriu o sexto ano consecutivo no comando técnico do clube de Macieira de Sarnes, conseguiu realizar uma temporada com vários registos que merecem ser mencionados. 
O Macieirense, que ficou apenas atrás do campeão da 2ª Divisão Distrital, o GD São Roque, foi a segunda melhor equipa em todos estes dados: mais vitórias (17); menos derrotas (3), sendo duas delas, curiosamente, diante do mesmo clube, o Rocas do Vouga; melhor ataque (57); melhor defesa (22); que marcou em mais jornadas (21 em 22). Na última temporada, o FC Macieirense apenas ficou em branco na deslocação a São Roque; foi a equipa com mais jogos sem sofrer golos (9) e com mais pontos conquistados fora de casa (27).

Aguiar, Chris e Tintim foram os jogadores mais utilizados
Para além desta estatística, a formação do concelho de Oliveira de Azeméis, que igualou a sua melhor classificação (2º lugar) pela terceira vez, algo que não acontecia desde os anos 80 (1987/1988 e 1988/1989), também não perdeu qualquer ponto frente aos últimos sete classificados, conquistou mais pontos fora do que em casa (27-26), teve uma boa média de golos marcados (2,59 por jogo), venceu os dois jogos diante de oito dos onze clubes do campeonato, teve a melhor sequência de minutos sem sofrer um golo (543) e obteve, por duas vezes, uma série de seis vitórias consecutivas, curiosamente frente às mesmas equipas (entre as 5ª e 10ª jornadas e entre as 16ª e 21ª jornadas).
Por fim, houve três jogadores que disputaram todas as jornadas (Aguiar, Chris e Talhas), sendo que Aguiar (1930 minutos), Chris (1716) e Tintim (1650) foram os mais utilizados pelo treinador Borges e, relativamente aos melhores marcadores, acabaram por ser Henrique (13 golos), Talhas (12) e Serginho (7).
Paulo Rui

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Oliveirense em vantagem nos quartos de final
19/05/2024
Só um ‘milagre’ evita a descida do FC Cesarense
19/05/2024
SC Bustelo fica no Campeonato Sabseg
19/05/2024
Faleceu Norberto Martins
19/05/2024
Oliveirense despede-se com derrota diante o Leixões
19/05/2024
“Foi uma reconhecida benemérita da comunidade de Oliveira de Azemeis”
18/05/2024
Faleceu Aldina Valente
18/05/2024
Oliveirense vence o Póvoa e segue para as meias-finais
17/05/2024