Fim de tarde

Poemas

O sol mergulhou no mar
E deixamos de o ver
Mesmo sem saber nadar
Voltará a aparecer

Vê-lo ir aquece a alma
O horizonte escurece
Regresso a casa com calma
Lá a lareira aquece

Aconchego-me no sofá
Um livro por companhia
E uma chávena de chá
Chega ao fim este dia.

Sono reconfortante
Chega a segunda feira
Com trabalho por diante
Tudo à minha maneira.

Helena Terra, 
Oliveira de Azeméis

 

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Oliveirense surpreendida na Póvoa
13/04/2024
Nuno Pires deixa a liderança do PSD em O. Azeméis
12/04/2024
Agrupamento Soares Basto caminhou pela saúde
12/04/2024
Câmara e IP chegam a "acordo de princípio" para a construção da rotunda do Largo do Cavaco
11/04/2024
Oliveirenses entre os detidos por tráfico de droga
10/04/2024
Mulher ferida em colisão entre dois carros
10/04/2024
Trânsito cortado entre o dia 22 e 24 de abril
10/04/2024
Emblemático & Original vai celebrar sete anos
10/04/2024