GNR desmantelou rede de tráfico

Destaques Concelho

Suspeitos dedicavam-se à venda de estupefacientes

Os suspeitos operavam em rede, dedicando-se à comercialização de estupefacientes nos concelhos de Oliveira de Azeméis, Santa Maria da Feira, São João da Madeira, Castelo de Paiva e Vila Nova de Gaia, refere a GNR em comunicado.

O Comando Territorial de Aveiro, através do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Oliveira de Azeméis, no dia 17 de abril, deteve seis homens e três mulheres com idades compreendidas entre os 22 e os 30 anos, por tráfico de estupefacientes, nos distritos de Aveiro e Porto.
“A investigação iniciou com a recolha de informação de venda de produtos de estupefacientes em estabelecimentos de diversão noturna no concelho de Oliveira de Azeméis e no decurso da investigação ela estendeu-se aos concelhos de Santa Maria da Feira, São João da Madeira e Vila Nova de Gaia”, revelou o Capitão José Magalhães, da GNR de Oliveira de Azeméis. Além dos detidos, a GNR apreendeu também 109 doses de haxixe; 2 100 doses de heroína; 1 819 doses de cocaína; 6 131 doses de MDMA; 25 doses de liamba; 5 garrafas de óxido nitroso (gás hilariante); uma arma, calibre 6,35 mm; uma carabina, calibre 9 mm; uma carabina de ar comprimido; munições de diversos calibres;  uma soqueira; quatro veículos; 4 304 euros e 110 francos suíços em numerário; diverso material informático e vários utensílios utilizados na produção, doseamento e embalamento do produto estupefaciente.
 A operação conduzida pelo Comando Territorial de Aveiro, envolveu uma centena de operacionais, das valências de investigação criminal e intervenção e contou com o reforço da Unidade de Intervenção e ainda com o apoio da Polícia de Segurança Publica. 
Dois dos nove detidos ficaram em prisão preventiva
Após terem sido presentes no Tribunal Judicial de Santa Maria da Feira, dois dos detidos, no âmbito da ‘Operação Sal’, ficaram sujeitos à medida de coação de prisão preventiva, três à medida de coação de apresentações bissemanais no posto policial da área de residência e obrigatoriedade de entregar o passaporte, e quatro sujeitos a termo de identidade e residência.

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Oliveirense oficializa saída de Edo Bosch
25/06/2024
Jovens que regressam: Motivações e investimento em regiões de baixa densidade após formação no ensino superior
24/06/2024
NAC é vice-campeão absolutos por equipas
24/06/2024
NAC volta à final da 3ª Divisão Nacional
24/06/2024
Faleceu o 'nosso' André, uma glória da Oliveirense
24/06/2024
Macieirense venceu a fase de grupos
24/06/2024
Mundialito Cesaz “promete agitar” a região
24/06/2024
Carlos Teixeira confirma candidatura a presidente da Oliveirense
24/06/2024