Em
Correio de Azeméis

16 Jun 2023

Já existe solução para o acesso à Área de Acolhimento Empresarial de Ul-Loureiro

Loureiro Destaques

ATRAVÉS DA VARIANTE QUE LIGA LOUREIRO A ESTARREJA

Os acessos à Área de Acolhimento Empresarial Ul- Loureiro sempre foram apontados como um grande entrave a uma maior atratividade daquele espaço industrial. Mas já existe uma solução. Um nó feito através de uma rotunda, fora da nacional [variante que liga Oliveira de Azeméis a Estarreja], mas servida por essa via. A garantia foi dada por Joaquim Jorge, presidente da câmara municipal.

Durante a iniciativa Presidência Aberta, que decorreu em Loureiro, Joaquim Jorge, presidente da câmara municipal, ouviu as queixas da população loureirense relativas ao acesso à Área de Acolhimento Empresarial de Ul-Loureiro, que atualmente se restringe à rua da Vidigueira. A população não vê com bons olhos o tráfego elevado de veículos pesados no centro da freguesia. Joaquim Jorge respondeu, afirmando que já foi encontrada a solução. O edil afiançou que “existem  condições para se fazer um nó, a partir da nacional [variante que liga Oliveira de Azeméis a Estarreja], que é aquilo que nós queremos. Fora da nacional, mas servido pela nacional”. Joaquim Jorge informou que a proposta foi aceite pelas Infraestruturas de Portugal e que “só falta passar para o papel o que foi acordado por ambas as partes”. O presidente da câmara municipal terminou, informando que a questão do acesso e a questão da expansão da área de acolhimento farão parte do um processo realizado em simultâneo.

“Aquilo que se conseguiu, há uns meses atrás, com a intervenção de uma senhora ministra, foi que as Infraestruturas de Portugal, finalmente aceitassem, com algumas condições, que se fizesse a incerção na nacional e é essa a solução que nos agrada. A tutela das Infraestruturas de Portugal mudou recentemente. Estamos a tentar pôr no papel o compromisso que foi assumido por ambas as partes. Quem vem de Oliveira de Azeméis, ou de Estarreja, poderá através da estrada nacional aceder à zona industrial, nos dois sentidos. O nó será feito através de uma rotunda, mas uma rotunda fora da nacional . Uma rotunda de cada lado, servida por um pontão com os acessos a serem feitos pela nacional. A solução que defendemos até agora, era uma rotunda no meio da nacional, aliás, uma solução semelhante à que existe na entrada da autoestrada. Mas isso não aceitaram”.

Joaquim Jorge, presidente da câmara municipal

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Oliveirense oficializa saída de Edo Bosch
25/06/2024
Jovens que regressam: Motivações e investimento em regiões de baixa densidade após formação no ensino superior
24/06/2024
NAC é vice-campeão absolutos por equipas
24/06/2024
NAC volta à final da 3ª Divisão Nacional
24/06/2024
Faleceu o 'nosso' André, uma glória da Oliveirense
24/06/2024
Macieirense venceu a fase de grupos
24/06/2024
Mundialito Cesaz “promete agitar” a região
24/06/2024
Carlos Teixeira confirma candidatura a presidente da Oliveirense
24/06/2024