“O meu público alvo é o do concelho de Oliveira de Azeméis"

Destaques Concelho

Maria João volta a levar os seus doces à principal festa do concelho.

> 'DA JOÃO DOÇARIA’ ESTÁ DE REGRESSO AO PARQUE

As festas em honra de Nossa Senhora de La Salette serão ainda mais ‘doces’. ‘Da João Doçaria’ estará de regresso ao parque, numa nova localização, com os produtos que os oliveirenses já tão bem conhecem e algumas novidades.

Maria João produz um dos pães de ló mais procurados pelos oliveirenses, mas não só. ‘Da João Doçaria’ não esteve presente nas festas do ano passado, mas este ano, a Maria João decidiu atender à vontade dos seus clientes e marcar presença nas principais festas do concelho. A ‘barraquinha’ da João estará no topo do parque, junto às associações oliveirenses que servirão comes e bebes. 

O regresso ao parque
“Este ano vou para as Festas de La Salette porque muitas das pessoas, que são minhas clientes, comentaram que no ano passado não estive. Este ano decidi voltar, atendendo a muito do que as pessoas falaram e atendendo à minha nova localização no parque. Por um lado, gosto de servir os meus clientes, mas também tenho que pensar no meu negócio, daí ter falado com a associação das festas”.

A nova localização
“Fiz o pedido [à associação das festas]a fim de me localizar noutro espaço, eles pensaram e deram autorização. Apesar de ser artesã e se poder justificar ficar ao lado dos artesãos, como era a única pessoa que estava lá a vender comida, neste caso doçaria, não havia grande procura por partes das pessoas. Portanto, fará todo o sentido estar enquadrada no local de venda de comida de forma a que no final de uma refeição as pessoas poderão degustar o ‘pão de ló da João’ ou outro tipo de doçaria que terei à venda”. 

Os sabores de sempre e uma novidade
“Para além do pão de ló, que já é o que a maioria das pessoas procura, terei bolo de discos à fatia, tartes de amêndoa individuais e os brigadeiros. Tudo isso já tinha noutras festas. Este ano terei a novidade dos semifrios. Vamos ter baba de camelo, natas do céu, cheesecake, mousse de chocolate e outros sabores. É uma novidade nas festas, apesar de ser uma coisa que já vou fazendo a nível interno, como para casamentos, batizados ou  jantares especiais”.

O público alvo
“O meu público alvo é o do concelho de Oliveira de Azeméis, embora existam pessoas de outros concelhos limítrofes que nos fazem compras e apreciam os nossos doces. Apesar de, muitas vezes, as festas onde estou serem pequenas, justifica-se estar por causa  de atingir o público alvo que tenho e de eles poderem apreciar os meus produtos em ocasiões especiais”.

A pensar em todos
“No caso dos ‘Sabores da Nossa Terra’, eu vendi o bolo de discos de amêndoa à fatia. Há muitas pessoas que vivem sozinhas ou em famílias maiores em que apenas um ou outro gostam desse bolo e então têm oportunidade de vir ali e provar”.

A melhor das publicidades 
“O meu negócio, em termos de marketing e publicidade, baseia-se muito no facto de as pessoas virem comprar, gostar e aconselhar. Quando as pessoas reconhecem o meu produto é gratificante. Acabam por vir mais tarde comprá-lo e recomendá-lo”.

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Oliveirense oficializa saída de Edo Bosch
25/06/2024
Jovens que regressam: Motivações e investimento em regiões de baixa densidade após formação no ensino superior
24/06/2024
NAC é vice-campeão absolutos por equipas
24/06/2024
NAC volta à final da 3ª Divisão Nacional
24/06/2024
Faleceu o 'nosso' André, uma glória da Oliveirense
24/06/2024
Macieirense venceu a fase de grupos
24/06/2024
Mundialito Cesaz “promete agitar” a região
24/06/2024
Carlos Teixeira confirma candidatura a presidente da Oliveirense
24/06/2024