Perto de 500 peregrinos ficarão alojados em Oliveira de Azeméis

Destaques Concelho

NO ÂMBITO DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE (JMJ)

489 peregrinos, oriundos de vários países, ficarão alojados no concelho de Oliveira de Azeméis nesta semana que antecede a Jornada Mundial da Juventude. Hoje à noite chegam os primeiros 63 peregrinos a Oliveira de Azeméis, vindos da República Dominicana.

A partir do dia 1 de agosto Lisboa irá ser palco das JMJ. Nesta semana que antecede o evento, denominada como ‘Dias na Diocese’, os peregrinos estrangeiros que irão participar na jornada começam a chegar ao nosso país. O concelho de Oliveira de Azeméis acolherá um total de 489 peregrinos. A maioria será acolhida por uma das 119 famílias de acolhimento e os restantes ficarão em espaços comunitários. Na cidade de Oliveira de Azeméis, só o pavilhão da Escola Básica e Secundária Soares Bastos acolherá um grupo de 91 alemães.

A distribuição dos peregrinos por freguesia:
Cucujães: Grupo de 135 italianos da Diocese de Bari);
Fajões: Grupo 15 polacos da Diocese de Sw. Piotra Apostola;
Loureiro: Grupo 25 brasileiros, da Diocese de São Paulo; 
Macieira de Sarnes: Grupo de 49 peregrinos da Polónia;
Oliveira de Azeméis: Grupo de 63 peregrinos da República Dominicana; Grupo de 40 peregrinos da Polónia; 2 venezuelanos, da Diocese de Caracas; Grupo de 91 peregrinos da Alemanha;
Pinheiro da Bemposta: Grupo de 18 peregrinos da República Dominicana;
Santiago de Riba-Ul: Grupo de 21 italianos da Diocese de Bari;
São Roque:  Grupo de 17 italianos da Diocese de Bari;
Ul: Grupo de 9 peregrinos da Espanha e 4 da Venezuela

Cucujães irá acolher 135 jovens e receberá a visita de 420
Na manhã de quinta-feira, um total de 173 italianos chegarão à vila de Cucujães, sendo que só 135 ficarão por terras cucujanenses. Os restantes serão acolhidos por São Roque e Santiago de Riba Ul. Na segunda-feira, dia 31 de julho, 420 peregrinos franceses passarão o dia em Cucujães, antes de rumarem a Lisboa.
Na noite de 19 de julho, o Comité Organizador Paroquial (COP) de Cucujães apresentou o programa dos ‘Dias na Diocese’. De 27 a 31 de julho Cucujães será lar para 135 peregrinos, colhidos no regaço das famílias de acolhimento ou da Quinta do Seminário. O COP de Cucujães preparou um programa que pretende dar a conhecer aos peregrinos forasteiros o que de melhor existe na vila, apelando à participação e entusiasmo de toda a população. Para além de vários serões de convívio, foram preparados imensas atividades de animação com a presença de vários artistas cucujanenses.

“Foi com grande alegria que recebemos a notícia não só de um grupo, mas dois que vão passar os Dias na Diocese em Cucujães, o segundo de uma forma diferente e mais informal. Surgiu-nos este presente e esta graça deste grupo francês. Resulta de um contacto de uma imigrante cucujanense em França que ficou tocada por Cucujães e falou com a sua diocese, a de Bordéus, para passar nesse dia por cá. Despedimo-nos, nessa manhã, de 135 jovens italianos e temos a graça de receber esses 420 franceses que quiseram passar aqui o dia em Cucujães”.
Samuel Cardoso, membro do Comité Organizador Paroquial de Cucujães

Quase duas centenas ficam na cidade
A cidade de Oliveira de Azeméis irá albergar um total de 196 peregrinos. Hoje, terça-feira, chegarão ao início da noite os primeiros 63 peregrinos, oriundos da República Dominicana que serão distribuídos pelas famílias de acolhimento. Na quarta-feira chegarão os restantes, com o grupo de 91 alemães a ficar alojados na Escola Básica e Secundária Soares Basto.
 O Correio de Azeméis falou com Diogo Silva, membro do Comité Organizador Paroquial (COP) de Oliveira de Azeméis e Ricardo Bastos, o ex-vereador da câmara municipal que ficou incubido, por parte da autarquia, de agilizar esforços que garantam o bem estar das centenas de peregrinos que ficarão alojados no nosso concelho.
Diogo Silva começou por realçar que este “é um trabalho que já começou há muito tempo”. O grupo foi aumentando até chegar ao designado ‘COP alargado’ que inclui toda a equipa que irá garantir a boa estadia das centenas de peregrinos.Já Ricardo Bastos realçou o esforço necessário, sobretudo “em garantir transporte para todos”. Os peregrinos, para além das atividades nas freguesias, terão atividades no Porto o que implica a necessidade de transporte. “Conseguimos, com muito esforço, garantir transporte para todos os jovens, de todas as freguesias, que não o tinham assegurado. Estou aliviado”, confessou Ricardo Bastos. O ex-vereador esclareceu, ainda, que é a autarquia que suportará os custos desses transportes bem como os custos “dos 500 pequenos almoços, 100 almoços e 400 jantares que serão servidos pela Comissão de Melhoramentos do Pró- Outeiro”. No domingo, 30 de julho, o Parque de La Salette será palco de encontro e convívio de todos os peregrinos. A tarde irá começar com um almoço com todos os peregrinos e família de acolhimento. Não faltará o folclore através da atuação do ‘Rancho Folclórico Cravos e Rosas’, de Ul, com o final da tarde a ser desenhado pelos tons do DJ oliveirense Domingos Oliveira.  As quase duas centenas de jovens irão despedir-se de Oliveira de Azeméis ao início da manhã de segunda-feira, 31 de julho.
 


 

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Oliveirense em vantagem nos quartos de final
19/05/2024
Só um ‘milagre’ evita a descida do FC Cesarense
19/05/2024
SC Bustelo fica no Campeonato Sabseg
19/05/2024
Faleceu Norberto Martins
19/05/2024
Oliveirense despede-se com derrota diante o Leixões
19/05/2024
“Foi uma reconhecida benemérita da comunidade de Oliveira de Azemeis”
18/05/2024
Faleceu Aldina Valente
18/05/2024
Oliveirense vence o Póvoa e segue para as meias-finais
17/05/2024