Rotunda no Pinheiro da Bemposta: IP aponta “construção de duas rotundas” como solução

Pinheiro da Bemposta Destaques

PETIÇÃO JÁ REUNIU MAIS DE 1200 ASSINATURAS

A população do Pinheiro da Bemposta não desiste da construção de uma rotunda no lugar do Cavaco e prova disso é o abaixo assinado em circulação que já reuniu mais de 1200 assinaturas. Em declarações à ‘Lusa’, fonte das Infraestruturas de Portugal aponta a “construção de duas rotundas” como solução.

Continua em circulação o abaixo assinado no qual a população de Pinheiro da Bemposta, com o apoio da sua junta de freguesia e da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, reivindica a substituição dos semáforos localizados entre os quilómetros 257 e 258 do IC2, no lugar do Cavaco, por uma rotunda. O abaixo assinado já conta com mais de 1200 assinaturas, confirmou Susana Mortágua, presidente da União de Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz, ao Correio de Azeméis. Continua, também, a existir um investidor privado interessado em financiar a construção da rotunda, o grupo Sonae que pretende a construção de um supermercado ‘Bom Dia’ naquela localização.

Questionada pela agência noticiosa Lusa, as Infraestruturas de Portugal  afirmaram que  “o sistema semafórico existente no cruzamento da EN1/IC2, ao quilómetro 257,730, garante os níveis de segurança rodoviária adequados à gestão do tráfego da intersecção”.

Quanto à rotunda as Infraestruturas de Portugal declararam, em resposta à Lusa, que “apenas poderia ser justificada no âmbito de um processo de integração urbana do troço da Estrada Nacional, que abrange também os cruzamentos aos quilómetros 258,200 e 259,300, de modo a implementar medidas de acalmia de tráfego e a redução efetiva das velocidades praticadas”.

A agência Lusa noticiou, ainda que “só após pedidos de esclarecimentos adicionais, fonte da IP indicou que, a substituírem-se os semáforos, a alternativa teria que passar não por uma, mas sim por “duas rotundas”, já que eventuais alterações na zona terão que ter em conta o efeito da mudança também nos outros cruzamentos da zona”.

Susana Mortágua, presidente da União de Freguesias de Pinheiro da Bemposta, Travanca e Palmaz, em declarações ao Correio de Azeméis, esclareceu que “estamos na fase em que se reformula o projeto,  entrega-se às Infraestruturas de Portugal, que depois não ajudam a encontrar a solução. Dão respostas muito vagas, parece que não lhes interessa”, informou  afirmando estar a par dos emails trocados entre as ‘Infraestruturas’ e a câmara municipal.

Quanto aos semáforos, Susana Mortágua vincou que “dizem que os semáforos funcionam, mas no início do ano e no final do ano passado houve  um período cerca de dois meses em que os semáforos não funcionaram. É recorrente estarem intermitentes”.

Quanto à possibilidade da construção de duas rotundas, Susana Mortágua disse aos microfones do Correio de Azeméis que “nós concordamos com isso, mas não deve ser uma justificação para se adiar a construção desta primeira rotunda [no Cavaco] ainda por cima havendo a possibilidade de esta ser construída por uma empresa privada. Já ficava resolvido.”

 

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Catarina Teixeira venceu torneio de padel em Leça da Palmeira
14/07/2024
‘Juntos por uma bancada’ do GD São Roque juntou 350 pessoas
14/07/2024
Festa das Coletividades animou lugar da Mó, em Palmaz
14/07/2024
Macieirense entrou a ganhar na Taça de Portugal
14/07/2024
Homem morre em acidente de mota
14/07/2024
Sexta edição do Vila Fest junta cerca 7000 pessoas
13/07/2024
15 anos a celebrar o folclore no Largo da República
13/07/2024
Carregosa é vila há 34 anos
13/07/2024