Em
Correio de Azeméis

14 Jun 2023

Trabalhar Para Mudar

Bloco de Esquerda

Diogo Barbosa *

Estamos mais ou menos a meio deste ano de 2023 e parece que a situação governativa não está muito favorável para o PS, muito menos para os portugueses. São estes quem mais sofre com tudo o que acontece, e estes casos e casinhos apenas servem para atirar areia para os olhos dos portugueses que passam cada vez mais dificuldades.

No passado fim de semana foi celebrado o 10 de junho, com o primeiro-ministro a ser mais uma vez alvo de um protesto de professores. Não vou aqui falar novamente da justiça da luta desta classe profissional que, mais uma vez, demonstrou querer negociar, apenas não quer aceitar toda e qualquer condição que o governo queira impor.
Para além de concordar com aquela que é a posição dos professores relativamente ao descongelamento de carreiras e também às colocações, no que diz respeito às distâncias de casa a que estes são colocados. 
Mas, o verdadeiro problema no meio de toda esta questão são os alunos, que ao longo deste ano tiveram vários momentos sem aulas, e agora enfrentam as greves às avaliações, que por certo são mais um acrescento à ansiedade natural que antecede esses momentos. Para que os estudantes tenham uma educação digna, que neste momento parece ser muito difícil de acontecer, tanto pela falta de professores, como pelas consecutivas greves que tem existido ao longo de todo este ano letivo, é necessário investir na carreira dos docentes e não docentes.
A escola é um espaço de construção do futuro e, como diz Mário Nogueira, secretário geral da FENPROF, os professores ao se manifestarem também estão a ensinar. E é bom que o façam. É bom que os professores se manifestem, como era bom que o governo ouvisse os professores e lhes garantisse uma carreira digna, para que também os alunos deste país tivessem direito a uma educação digna que lhes permita também ter um futuro digno.
Não atender as reivindicações dos professores, é também fechar a porta da educação democrática a muitos e muitos estudantes. Não é só de professores que estamos a falar.
 * porta-voz da Concelhia  do BE 

Partilhar nas redes sociais

Comente Aqui!









Últimas Notícias
Fátima Lopes: " A leitura é dos melhores alimentos para a alma"
20/06/2024
Tiago Ferreira arrancou de Oliveira de Azeméis para obter recorde mundial
20/06/2024
Tomada de posse da nova Comissão Política Concelhia do PSD no próximo dia 28 de junho
20/06/2024
Marchas Populares de volta à Escravilheira
20/06/2024
Mulher ferida em colisão entre dois carros
19/06/2024
Escola Livre de Azeméis acolhe pela 1ª vez Campeonato Feminino Sub-19
19/06/2024
Oliveirense volta a estar na luta pelos títulos nacionais
19/06/2024
Arraial de S. Roque começa a ser tradição
19/06/2024